quarta-feira, 8 de março de 2017

Crepe de tapioca

Ora aqui está algo que suscita dúvida e curiosidade a muitos... Com o quê e como se preparam os tão famosos crepes de tapioca?
Antes de mais, a tapioca é fécula de mandioca. Importante para quem quer fazer dieta e também apto para celíacos e intolerantes ao glúten visto que não existe na sua composição. Tem também pouquíssimas calorias. Atenção depois ao recheio escolhido ;-)

Para os crepes, tem que se usar fécula de mandioca hidratada. Em Lisboa encontra-se nas lojas Glood e, por vezes, também há no Jumbo.
No entanto, se não encontrar, pode ser feito com misturas iguais de polvilho doce e azedo, cobrindo a mistura com água e deixando a hidratar por pelo menos 4 horas. Findo esse tempo, escorrer o excesso de água e esfarelar a mistura para um pano para absorver a restante água e depois é só utilizar uma peneira (a mistura pronta é tão mais prática).
Mas vamos lá ao passo a passo...

Peneirar a "farinha" já hidratada...

Aquecer uma frigideira anti aderente e preencher o fundo com uma camada fina da farinha de tapioca (costumo usar um passador pequenino para "re-polvilhar" a farinha e o crepe ficar mais uniforme).
Manter o lume brando e, mais ou menos, ao fim de um minuto, agitar a frigideira. Se o crepe se soltar sozinho, está na altura de virar e cozinhar mais um minuto do outro lado.

Espero ter ajudado a esclarecer as dúvidas. Se bem que até eu ainda estou numa fase de aprendizagem ;-)

NOTA: ao comprar tapioca já hidratada, depois de abrir a embalagem, ela só dura 8 dias no frigorífico. Para não haver desperdício, pode polvilhar a tapioca toda de uma vez e congelar em porções individuais. Quando quiser, é só tirar a caixinha do congelador e deixar à temperatura ambiente (dica da querida Su :) )


Sem comentários:

Enviar um comentário